Honeywell
Honeywell: novo cliente Aquiles
15/07/2021

Instagram: aprenda como usar o algorítmo a seu favor

Instagram

Você sabe como fazer o algoritmo do Instagram funcionar a favor da comunicação da sua marca? Esta é uma batalha, muitas vezes inglória, travada pelos times de marketing, comunicadores e influenciadores. O algoritmo pode ser um grande aliado ou pode até vir a se tornar um problema, se estiver mal condicionado (ou se ninguém estiver prestando muita atenção nele ao fazer as postagens em redes sociais como Instagram, Facebook e Youtube – todas elas têm um funcionamento mais ou menos semelhante). Muitas vezes o trabalho está sendo feito da maneira correta, mas esse detalhe, que não possui nada de pequeno, pode entrar no caminho e atrapalhar os resultados, inclusive das vendas!

Um posicionamento digital bem feito pode (e, muito provavelmente, vai) trazer consequências positivas palpáveis para você, como novos clientes, uma maior fidelização, rede de indicações e ampliação da cobertura geográfica da sua marca. Isso quer dizer que, caso este posicionamento não esteja adequado, ou caso algo esteja atrapalhando o desempenho, pode ser que esses bons resultados ou não apareçam ou fiquem aquém do potencial que possuem. Justamente por isso é tão importante entender e trabalhar de maneira estratégica quando o assunto é algoritmo.

O que é algoritmo

Antes de entender as formas de trabalhar ao lado dele, é preciso ter este conceito claro. O algoritmo é como se fosse um termômetro que as redes sociais usam para avaliar o conteúdo que você posta. Por exemplo, se suas postagens costumam ter muitas curtidas e comentários, se as pessoas tendem a encaminhá-las para outros usuários e salvá-las em seus perfis, o Instagram identifica que você está postando coisas interessantes. Dessa forma, à medida que você for postando mais e obtendo bons resultados de engajamento (curtidas, comentários, encaminham) o algoritmo do Instagram, programado para priorizar conteúdos relevantes e que obedeçam às políticas internas da plataforma, vai entregar tais conteúdos a cada vez mais usuários. Ou seja, trata-se de um mecanismo que se retroalimenta conforme os posts vão performando bem.

Leia também: Integração entre e-commerce e loja física: saiba a importância

E o contrário também acontece, e é aí que marcas podem ser prejudicadas. Perfis que tenham, historicamente, baixo engajamento (ou seja, poucas pessoas que curtem e comentam e poucos ou nenhum salvamentos e encaminhamentos) passam a ter posts posts entregues para um número cada vez menor de usuários. Tornando ainda mais difícil que eles performem melhor. Isso pode acontecer por diversos motivos, como um conteúdo que não tem muito valor para aquela audiência específica, uma estratégia ruim, artes pouco interessantes, tom de voz das postagem, escolhas pouco estratégicas com relação a horários e legendas, entre outras possibilidades. 

4 dias para tornar o algoritmo do Instagram um aliado da sua marca

Não existe receita de bolo para isso. O que não quer dizer que não existam formas de lidar com o algoritmo. Porém, é preciso organização para testar e combinar diferentes técnicas, da mesma forma que é preciso paciência para aguardar que os resultados apareçam. Os fatores mais importantes que você deve implementar em suas redes são:

  1. Atenção aos horários: Antes, só se falava disso. Agora, já há alguns profissionais que defendem que isso é invenção e não faz sentido. Porém, na prática, você pode observar com muita clareza que o horário influencia sim na boa performance das publicações. Os horários clássicos são das 9 horas da manhã, do horário de almoço e ao final do expediente. Isso porque são os horários de pico, onde mais pessoas estão online. Se tem mais gente online, maior é a chance de que as pessoas vejam e interajam com o conteúdo. 
  2. Conteúdo relevante é conteúdo com engajamento: Se você faz uma postagem com informações relevantes, é bastante provável que você obtenha uma resposta dos seus seguidores. Pense que o seu próprio comportamento nas redes diz muito sobre o comportamento das outras pessoas. Por exemplo, é mais provável que você interaja com uma postagem com dicas de como usar o algoritmo a favor da sua marca ou com uma foto de um poste aleatório em uma rua? Pois então, as outras pessoas também se comportam assim.
  3. Mantenha uma constância. O Instagram gosta de rotina. Isso quer dizer que o algoritmo será mais favorável a perfis que se comportem dentro de um padrão, como postar sempre nos mesmos dias da semana, por exemplo. Ficar longos períodos sem atualizar as redes também pode prejudicar a performance. Então, crie uma programação e atenha-se a ela o máximo que você puder. 
  4. Estimule seu público a interagir com você. O que quer dizer que você deve criar oportunidades de interação, como pedir a opinião dos seguidores sobre o assunto que você estiver postando, ou perguntar se alguém já passou por uma situação parecida ou se tem alguma dica a respeito do que está sendo tratado. E não esqueça de interagir de volta respondendo os comentários que você receber. Também na legenda ou no próprio post você pode lembrar as pessoas de salvarem aquela postagem, ou de encaminharem para algum amigo que também vai gostar daquele conteúdo!

Você já sabe o que são os assistentes virtuais? Então leia aqui neste artigo antes de ir!