Conteúdo
Confira dicas para criar conteúdo para sua empresa na internet
08/11/2021
Instagram
Instagram como ferramenta de compartilhamento de vídeos
08/11/2021

Aumente as vendas do seu e-commerce no fim do ano

vendas

Para quem está em posição de direção e gerência de uma empresa, existe um enorme checklist de atividades fundamentais. É preciso criar um bom ambiente para a equipe, estipular metas e formas de recompensá-las, verificar o andamento da produção, entrega dos fornecedores, controle de qualidade, comunicação e administração da empresa… bom, a lista é longa, justamente por isso é preciso delegar algumas tarefas. Porém, algumas delas sempre vale acompanhar de perto, ainda que não, necessariamente, com as mãos na massa. Como a base fundamental de um negócio são as vendas, é preciso que tudo que envolve o produto seja bem feito. Isso vale para o objeto ou serviço em si e também para as formas de vendê-lo. 

Além das questões evidentes de funcionar, ser útil, ter um tempo de vida razoável e ser de fácil utilização, muitas outras questões podem impactar a decisão de compra de um cliente. Primeiro, ele precisa saber que a sua empresa existe. Depois, ele precisa confiar na empresa e, só então, decidir consumir o que você vende. Para todo esse ciclo se completar, existem alguns momentos que são mais propícios do que outros e, felizmente, estamos em um ótimo período. Ainda que a economia mundial esteja abalada devido ao Covid-19 e às consequências da pandemia, o cenário começa a se desenhar de forma mais promissora. Isso aliado ao final do ano, época recordista em volume de vendas, é um sopro de otimismo para os empreendedores. 

Leia também: 7 Erros comuns no e-commerce que fazem perder vendas

Como aumentar as vendas no final do ano

Existem diversas estratégias e ferramentas que podem auxiliar no crescimento do faturamento da sua empresa neste (e nos próximos) final de ano. Vamos elencar aqui sugestões relacionadas a diferentes setores, para que você tenha uma perspectiva macro com relação às possibilidades existentes.

1. Do atendimento ao cliente: chatbot

Você já ouviu falar nele? Se não o conhece por este nome, pode ter certeza de que, em algum momento você já falou com um. A palavra vem do inglês e, em tradução literal, quer dizer “robô de conversa”. Trata-se de uma ferramenta de automação no atendimento ao cliente e funciona da seguinte forma: ao entrar em contato pelo site, aplicativo ou loja online, abre-se uma caixa de conversa, tipo um whatsapp. O cliente diz o que precisa mas ele não é respondido por uma pessoa, e sim por um “robôzinho”. É possível cadastrar uma infinidade de conteúdos no bot e, quando bem programado, ele pode ser realmente útil. É claro que o chatbot não substitui uma “pessoa de verdade”, mas ele pode ajudar com questões mais superficiais. Além disso, funciona de segunda a segunda, 24 horas por dia, o que pode auxiliar sua marca a vender mesmo fora do horário comercial.

2. Da produção e logística: frete

Você se lembra de quando o frete era só mais um detalhe em uma compra, feito somente de uma forma, sem nenhuma possibilidade de personalização de acordo com as necessidade do cliente? Pois é, essa época ficou para trás. Agora, é possível oferecer multiplicidade ao seu cliente, aumentando as possibilidades de venda e melhoria na experiência do usuário. Algumas modalidades de frete que você pode implementar são:

  • Frete grátis a partir de um valor mínimo: dessa forma, a possibilidade do frete grátis sempre estará ao alcance do seu cliente, desde que ele realize uma compra acima de um valor determinado. Isso pode, inclusive, motivar o cliente a comprar mais!
  • Frete express: por um valor um pouco mais alto, o cliente recebe a compra que fez em sistema expresso, mais rápido do que o envio habitual.
  • Click & collect: mesmo fazendo a compra online, o cliente pode buscar a encomenda na loja ou em um ponto de venda parceiro. Isso reduz os custos para quem quer economizar e possibilita que ele compre de qualquer forma!

3. Do marketing: comunicação integrada

Se a sua marca não está online, é como se ela não existisse. E a vitrine dessa existência digital são as redes sociais. Elas precisam estar sempre atualizadas com bom conteúdo de imagem, texto e vídeo. Sempre responda seus clientes e seja constante. Alie as redes a um blog para que você aumente a possibilidade de impactar seu cliente. Isso, junto aos ADS do Google e ao remarketing irá te ajudar a cercar o cliente e entregar a ele justamente o que ele precisa

Sabia que um integrador de marketplace também pode te ajudar a vender mais no final do ano e em todos os outros meses? Antes de ir, leia mais sobre isso aqui!