como reduzir os custos logísticos
Reduzir os custos logísticos: 10 dicas para melhorar seus processos
19/11/2020
impacto do Pix no e-commerce
O impacto do Pix no e-commerce
12/12/2020

Live commerce: conheça nova tendência em vendas online

dicas live commerce

A pandemia de COVID-19 mudou inúmeros hábitos em nossas vidas. A gente aposta que, por exemplo, você deve ter assistido pelo menos um show em versão live no primeiro semestre de 2020. Acertamos? E uma live commerce, também assistiu alguma?

O nome pode ser novo para você, afinal, essa é uma nova tendência em vendas pela internet. Mas, como já contamos nesse post, os hábitos de compras dos consumidores tiveram mudanças nesse ano. Ou seja, é importante ficar de olho nessa nova modalidade de venda online.

Para que você conheça mais e avalie se vale a pena surfar nessa onda, preparamos este artigo. Confira, a seguir, tudo que precisa saber sobre live commerce.

Mas, afinal, o que é live commerce?

Antes de responder essa pergunta, temos que entender um pouco mais sobre como o live commerce está acontecendo fora do Brasil. Apesar de nova por aqui, ela já é explorada em outros lugares do globo.

Na China, por exemplo, o live commerce é uma categoria de vendas online que já movimenta bilhões de dólares em vendas. A expectativa, de acordo com a consultoria ChoZan, é que em 2020 esse tipo de venda movimente valores em torno de 123 bilhões de dólares. Em 2019, o número era de 60 bilhões de dólares. Ou seja, não podemos ignorar esse crescimento.

Mas, finalmente, live commerce, como o próprio nome sugere, une transmissões em streaming ao vivo com vendas online. Se trata de uma estratégia de divulgação de produtos que permite uma relação mais próxima dos consumidores com a marca e o que é oferecido. 

Você se lembra dos famosos canais de TV de vendas? Neles, os apresentadores divulgavam produtos e serviços que podiam ser adquiridos pelos consumidores por telefone. O live commerce tem a mesma lógica, mas toda a relação acontece no ambiente online. 

Por que vender seus produtos em transmissões ao vivo?

Este formato permite superar uma possível “frieza” na relação entre marca e consumidores na internet. Por meio dessas transmissões, o comprador pode ver o produto em “ação”, enviar dúvidas que são respondidas na hora ou, mesmo, compartilhar experiências pessoais com a marca e os itens vendidos. 

Essa relação apresenta um grande potencial de conversão de vendas. Afinal, é possível tratar diretamente com o consumidor, ao vivo, quais são as suas principais dúvidas e receios em relação ao produto apresentado. Além disso, os números do mercado chinês indicam um grande potencial de sucesso.

Vale ressaltar que, na China, esse formato é explorado em aplicativos próprios para esse fim. Mas, mesmo que eles ainda não existam no Brasil, é possível se apropriar dos canais já existentes ou, mesmo, de recursos próprios. Veja, a seguir, como começar a vender seus produtos pelo live commerce.

Como aproveitar a tendência do live commerce? Veja 5 dicas

Convencido de que este modelo trará benefícios para a sua marca? Confira, a seguir, alguns caminhos para planejar sua estratégia de vendas por live commerce.

1. Ofereça descontos exclusivos

Quer ter sucesso com essa estratégia? Um dos primeiros passos, independente do canal a ser usado, é oferecer descontos exclusivos para os espectadores da sua live.

Selecione os produtos mais procurados e crie links com descontos para que sejam vendidos durante o tempo da transmissão. Oferecer descontos por tempo limitado ajuda a criar um senso de urgência e, assim, aumentar o potencial de conversão dos produtos.

2. Use as redes sociais da sua marca

Como a gente já disse, as marcas chinesas contam com diversos aplicativos para promover seus produtos em transmissões ao vivo. Mas, no Brasil, o melhor caminho para começar a investir nessa estratégia é usar os próprios canais da sua marca. 

As principais redes sociais possuem suporte para realização de lives. Por isso, prepare o estúdio, escolha os produtos e comece a transmissão. 

3. Live no aplicativo da sua marca

Ao realizar a transmissão ao vivo nas suas redes sociais, você abre a possibilidade de que qualquer pessoa – que siga a sua marca ou não – acompanhe o conteúdo. E, claro, tenha acesso aos descontos oferecidos.

Caso tenha interesse em expandir o formato para um modelo mais exclusivo, pode promover as lives no aplicativo da sua marca. Dessa forma, você estimula que as pessoas baixem o app e, aquelas que não possuem cadastro, o façam. Mais uma chance de aumentar o seu mailling!

Ao optar por esse modelo, é importante ter em mente que, ao promover uma transmissão exclusiva que exige cadastro do público, vale ser mais generoso nos descontos e promoções oferecidos. Assim, você oferece uma contrapartida interessante para seus compradores.

Como bem sabemos, quanto melhor for essa experiência, mais potencial de que essas pessoas divulguem a oportunidade para outras pessoas. Todo mundo ganha!

4. Promova seus produtos em canais de influenciadores

Como o live commerce pode ser realizado sem grandes estruturas, é possível expandir o seu público ao realizar parcerias com influenciadores digitais. Escolha criadores de conteúdo com familiaridade com o público da sua marca para que eles realizem a transmissão em seus canais. 

É possível, ainda, promover a transmissão em simultâneo nos canais da sua marca e do influencer escolhido. Faça o teste para avaliar o retorno. Caso seja positivo, expanda esse investimento para criadores de diferentes nichos e alcances.

5. Crie estratégias de gamificação

Por fim, o formato de live streaming permite realizar interações diferenciadas com seu público. É possível, por exemplo, propor desafios em troca de descontos progressivos ou, mesmo, missões em troca de benefícios como cashback, por exemplo. Use a sua imaginação para promover a melhor experiência possível.

O que achou dessa nova tendência? Pretende usar nas estratégias da sua marca? Então, confira mais este artigo para ajudar no seu planejamento: Conversão de Vendas: melhores estratégias para vender mais. Até a próxima!